Criminoso que atirou contra soldado da Rotam em Sarandi está sendo procurado


Marcos Paulo Leite da Silva, de 25 anos, que atirou na cabeça de um policial militar da Rotam, em Sarandi, fugiu do sistema prisional após ser beneficiado com a "saidinha". Ele é considerado de alta periculosidade. 

Marcos Paulo Leite da Silva, mais conhecido como “Nego Fi”, foi condenado a 11 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado tentado no dia 21 de novembro de 2018. 

Na época, "Nego Fi” era um dos homens mais procurados pela polícia em Sarandi. 
No dia 20 de outubro de 2017 no Jardim Esplanada, em Sarandi. “Nego Fi” atirou contra um soldado da Rotam, que acabou sendo atingido por um tiro na cabeça. 

O caso ocorreu quando o policial tentava prendê-lo. Apesar do susto, o policial se recuperou. Na época, outro soldado chegou a ser atingido no peito, mas o colete balístico o salvou. “Nego Fi” chegou a ser baleado com seis tiros, mas resistiu aos ferimentos.

Quem tiver qualquer informação que leve a prisão dele, deve ligar 190 – 153 ou 9-9137-9773.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morador de Sarandi morre após sofrer acidente de trabalho em obra em Maringá.

Tiroteio resulta com duas pessoas baleadas em Sarandi

Irmão mata o próprio irmão com facada no peito no Jardim Esplanada em Sarandi.