Jovem é executado com 25 tiros no Jardim Bom Pastor em Sarandi.

Leandro Felipe da Silva Marculino, de 20 anos, foi executado com mais de 25 tiros no interior de uma residência na Rua Cristo Redentor, no Jardim Bom Pastor, em Sarandi. 

Segundo a Polícia Militar (PM), Leandro que fazia o uso de uma tornozeleira eletrônica estava em frente de uma residência fumando narguilé, com alguns amigos, quando foi surpreendido pelos atiradores que chegaram em uma moto. O garupa desceu e abriu fogo contra o rapaz, que ainda tentou correr para dentro do imóvel, mas foi perseguido e executado.

Socorristas do Corpo de Bombeiros e a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel do (Samu), foram acionados, porém a vítima já estava em óbito. 

O Delegado Doutor Adriano Garcia, compareceu no local e requisitou exame pericial. O corpo de Leandro foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. Equipes da Guarda Municipal e Polícia Militar realizaram patrulhamento, porém os suspeitos não foram localizados. 

Leandro contava com diversas passagens pela polícia e chegou a ser preso no ano passado na operação madrugada de terror - que apurava a morte de Jhonathan Felipe, vulgo Jow Jow, porém foi absolvido. Ele também é investigado na morte de Matheus Boa Sorte, em Marialva. 

De acordo com o Delegado Adriano Garcia, em 2017, quando ainda adolescente Leandro Marculino, teria participado da execução de mãe e filho no Jardim Ouro Verde em Sarandi. Na época do crime a mãe entrou na frente para tentar salvar o filho e acabou sendo morta. 













Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morador de Sarandi morre após sofrer acidente de trabalho em obra em Maringá.

Tiroteio resulta com duas pessoas baleadas em Sarandi

Irmão mata o próprio irmão com facada no peito no Jardim Esplanada em Sarandi.